domingo, 6 de outubro de 2013

Marina Silva vai para o PSB de Vandelan Cardoso e Gilson Caroço deixa o PTN

Questão Brasil
Gilson Caroço estuda convites para se filiar, mas sem pressa, já que

não vai participar como candidato da corrida eleitoral do ano que vem
Gilson José de Meneses, o popular Gilson Caroço, esta deixando o PTN por não ter constatado na prática o respeito ao pluralismo de ideias, que é consagrado no estatuto partidário, mas que acabou por não se confirmar na prática.

O PTN é um partido nanico, que no papel tem propostas claras para a sociedade goiana, mas o mesmo partido que prega a democracia interna, a articulação com os movimentos sociais e o livre debate de ideias, não apoia seus filiados e não ouve o que eles têm a dizer.

Gilson Caroço manteve se fiel aos seus princípios e mais ainda aos seus eleitores que depositaram nele a confiança para que disputasse as últimas eleições municipais em Goiânia, e foi fiel ao partido, que acreditava ser um defensor da democracia e contra retrocessos autoritários em defesa de um povo que não tolera mais o fisiologismo político e casos de corrupção que quase sempre ficam impunes.

A decisão choca alguns, a quem Gilson Caroço explica que sua atitude não traz prejuízo ao seu idealismo, por não ser detentor de mandato e não ter a pretensão de ser candidato em 2014, o fez repensar se valia a pena à permanência no partido, pois não pode militar em um partido que não cumpre o que prega e não dá o apoio necessário aos seus filiados.

Gilson Caroço Continua acreditando que a reforma política e, consequentemente, a exigência do cumprimento de um prazo mínimo de filiação dos candidatos, são absolutamente necessários para a depuração da atividade pública.

Reitera que suas convicções continuam as mesmas e que vai estudar melhor os convites que recebeu para filiar-se, e enfim militar por uma legenda que defenda as mesmas ideias que as suas, e jamais se esqueça de defender os direitos do cidadão.

Como a maioria da população, Gilson Caroço considera que a política deve ser exercida com decência e ética. Acredita que o político deve filiar-se e permanecer em uma legenda, com coerência, defendendo os ideais do partido, mas mantendo-se fiel as suas próprias convicções.

A fidelidade partidária não pode ser usada como desculpa para punir quem age em consonância com os interesses populares. Feliz do político que age com a sua consciência e tem o discernimento para entender que o povo é que é o seu verdadeiro patrão.
Dez por cento dos deputados federais trocaram de partido nas últimas duas semanas motivados pela disputa eleitoral do ano que vem. Segundo registros da Câmara, dos 513 deputados, 52 mudaram de legenda
Leia mais: G1 - Eleição do ano que vem motiva troca de partido de 10% da Câmara - notícias em Eleições 2014  A turma do PPS foi à presença de Marina como uma noiva que se prepara para ouvir a proposta de casamento. Freire chegou antes de seus correligionários ao local do encontro, um apartamento de classe média do setor Sudoeste de Brasília. Em conversa testemunhada pelo ex-tucano Walter Feldman, Marina informou a Freire que o PPS não seria a noiva, mas a testemunha do casamento da Rede com o PSB de Eduardo Campos   Leia mais:: Jornal Luzilândia :: Em 48 horas, Marina abriu em 2014 uma 3ª via

terça-feira, 17 de setembro de 2013

Atlético-GO 1 x 1 São Caetano - O Z-4 é logo ali Dragão.

Atlético-GO não consegue ter duas vitórias seguidas no Campeonato Brasileiro da Série B. Após ter vencido o Boa Esporte, por 3 a 1, na última sexta-feira, na noite desta terça, pela 23ª rodada, apenas empatou por 1 a 1, com o São Caetano, no Estádio Serra Dourada, em Goiânia.
Leia mais: Atlético-GO 1 x 1 São Caetano - Dragão não embala e ronda zona de rebaixamento! - Brasileiro - Portal FI

domingo, 1 de setembro de 2013

Atlético-GO 4 x 0 Oeste - Dragão desencanta no Serra Dourada

Enfim o Dragão fez prevaler o mando de campo
No “duelo da reabilitação” o Atlético-GO se deu melhor ao golear o Oeste, por 4 a 0, nesta sexta-feira à noite, no Estádio Serra Dourada, pela 18.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Esta é a segunda vitória nos últimos nove jogos do Dragão goiano, que na rodada anterior tinha empatado em casa com o América-MG, por 1 a 1. Este jogo foi transmitido, ao vivo, pela Rádio Bandeirantes de Goiânia, AM 820.

Antes do jogo, muita mandinga para espantar a falta de sorte. Um torcedor atirou sal grosso no campo, que também foi visto em algumas partes do campo, como atrás dos gols. A vitória deu um fôlego ao time goiano, com 20 pontos, em 14.º lugar.
De outro lado, o Oeste sofreu a sua quarta derrota consecutiva, na estréia do técnico Ivan Baitello na vaga de Edison Só.
Leia mais: Atlético-GO 4 x 0 Oeste - Dragão desencanta e Rubrão acumula 4ª derrota seguida - Brasileiro - Portal FI

sexta-feira, 16 de agosto de 2013

Sport 3 x 2 Atlético-GO - Sem sustos na Ilha do retiro, Leão confirma favoritismo via @Reinaldo_Cruz #QuestãoBrasil

O Sport Recife venceu o Rubro negro goiano sem sustos na Ilha do Retiro
O Sport teve uma noite tranquila na Ilha do Retiro, claro que tomou um susto, mas tudo transcorreu na mais absoluta normalidade e o torcedor esta feliz.
Ao abrir o placar com apenas um minuto de jogo, o time pernambucano parecia que iria aplicar uma sonora goleada, mas se acomodou em campo e deixou o tempo passar, saindo apenas na boa. 
Chegou a ter 3 a 1, mas viu o Atlético-GO marcar o segundo gol e tornar tenso boa parte do segundo tempo. No fim, a vitória por 3 a 2 manteve o time pernambucano firme no G-4 da Série B, ainda em 3º lugar, agora com 30 pontos. Quase o dobro da pontuação do time goiano. Em 15º, com apenas 16, o Dragão pode entrar na zona de rebaixamento após o complemento da 16ª rodada, neste sábado.

Se nas últimas vitórias Marcos Aurélio havia sido decisivo com gols para o Sport, desta vez o baixinho encarnou o papel de garçom, ao participar diretamente dos três gols do Leão, com passes açucarados. Do outro lado, o trabalho dado pelo Atlético se deve muito a Pipico, autor de dois gols. O Sport segue sendo dos times vazados da Segundona. Na próxima rodada, encara o Paraná, em Curitiba, no sábado. No mesmo dia o Atlético recebe o América-MG, em Goiás. Antes, o Leão encara um clássico eletrizante contra o Náutico, pela Copa Sul-Americana, terça-feira, na Ilha do Retiro.
Leia mais: Sport x Atlético-GO - Campeonato Brasileiro Série B 2013 | globoesporte.com

quarta-feira, 7 de agosto de 2013

PC Gusmão pede ao torcedor que "Não desista" mas prevê dificuldades no Dragão via @Reinaldo_Cruz #QuestãoBrasil

PC Gusmão é o novo comandante do Atlético
Novo técnico do Atlético-GO, PC Gusmão não esteve à beira do campo do Índio Condá, onde o time perdeu para a Chapecoense por 3 a 0 na noite desta terça-feira(6). No entanto, o treinador assistiu ao jogo, admitiu os erros da equipe e pediu para que os torcedores não desistam nesta Série B.

Em entrevista à Rádio 730, PC Gusmão, substituto de René Simões no Dragão, analisou a partida. “A gente sabia que teria dificuldades, mas foi bom para o time conhecer algumas coisas. No segundo tempo a equipe se ajustou e teve algumas chances, mas daí veio o primeiro gol, uma fatalidade”, lamentou.
Leia mais: PC Gusmão vê falhas do Atlético-GO e pede ao torcedor: "Não desista"

terça-feira, 6 de agosto de 2013

Bruno Rangel faz 2 e Chapecoense derrota o Atlético-GO via @Reinaldo_Cruz #QuestãoBrasil

A Chapecoense continua na cola do Palmeiras na briga pela liderança da Série B. Na noite desta terça-feira, o time catarinense fez o dever de casa e venceu o Atlético-GO, por 3 a 0, na Arena Condá, pela 13.ª rodada. O atacante Bruno Rangel deixou sua marca duas vezes no Dragão que segue caindo pelas tabelas a cada rodada.
Leia mais: Bruno Rangel faz 2 e Chapecoense segue colado no líder - Paraná-Online - Paranaense como você

sábado, 27 de julho de 2013

Atlético-GO perde para o América-RN em casa e G4 fica distante via @Reinaldo_Cruz #QuestãoBrasil

Argel Fucks teve uma ótima estréia pelo América-RN
Na estreia do técnico Argel Fucks, que entrou no lugar de Roberto Fernandes, o América-RN conseguiu a sua segunda vitória no Campeonato Brasileiro da Série B. Na fria noite desta sexta-feira, no estádio Serra Dourada, em Goiânia, o time potiguar venceu o Atlético Goianiense por 1 a 0, com gol de Vandinho, aos 10 minutos do segundo tempo.


A pressão goiana foi forte durante todo o jogo, mas não conseguiu furar o bloqueio potiguar. Com isto, o América-RN continua na vice-lanterna, mas agora com nove pontos. Por sua vez, o Atlético permanece em décimo lugar, com 13 pontos.


Em casa, o Atlético começou em cima, pressionando e buscando de todos os lados o primeiro gol. A melhor chance aconteceu aos 31 minutos, com Ricardo Jesus. Após lançamento, a bola sobrou para o atacante, que dividiu com o goleiro Andrey e bateu para fora, perdendo uma grande oportunidade de abrir o placar.


No segundo tempo, o América-RN voltou um pouco mais presente no ataque e aos dez minutos abriu o placar. Após cruzamento de Raí, o zagueiro Artur tocou de peito para Márcio, mas a bola saiu fraca. Melhor para Vandinho, que aproveitou e bateu para o fundo das redes.


No decorrer da partida, o Atlético foi para cima, na pressão, buscando de todo jeito o gol de empate, mas esbarrou no goleiro Andrey, que fez importantes defesas.


Na próxima terça-feira, os times voltam aos gramados pela 11.ª rodada. O América-RN encara o ASA, às 19h30, em Ceará-Mirim (RN), enquanto que o Atlético joga contra o Avaí, no mesmo horário, em Florianópolis.


FICHA TÉCNICA


ATLÉTICO-GO 0 x 1 AMÉRICA-RN


ATLÉTICO-GO - Márcio; Rafael Cruz, Artur, Diego Giaretta e Ernandes; Renan Foguinho, Jorginho, Marino (Juninho) e João Paulo (Wandinho); Ricardo Jesus e Diogo Campos (Pipico). Técnico: Renê Simões.


AMÉRICA-RN - Andrey; Norberto (Chiquinho Alagoano), Zé Antônio, Edson Rocha e Renatinho Potiguar; Ricardo Baiano, Fabinho, Raí e Almir (Alex); Rodrigo Pimpão e Vandinho (Mazinho). Técnico: Argel Fucks.


GOL - Vandinho, aos 10 minutos do segundo tempo.


CARTÕES AMARELOS - Rafael Cruz, Diogo Campos e Pipico (Atlético-GO); Norberto, Edson Rocha e Ricardo Baiano (América-RN).


ÁRBITRO - Diego Almeida Real (RS).


RENDA - R$ 44.240,00.


PÚBLICO - 2.208 pagantes.


LOCAL - Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO).
Leia mais: Na estreia de Argel, América-RN derrota o Atlético-GO - DM.com.br


sexta-feira, 12 de julho de 2013

Atlético-GO 2x3 Figueirense - Campeonato Brasileiro Série B 2013 via @Reinaldo_Cruz

Favorito no início, o Atlético precisa encontrar logo um rumo, senão cai
Márcio não esteve em uma noite feliz, e Ricardo Bueno, que já havia castigado a torcida do Atlético-GO em 2012, o fez novamente. Desta vez, não pelos gols perdidos, como quando passou pelo Dragão, mas por marcar duas vezes no Serra Dourada e comandar a vitória do Figueirense por 3 a 2, nesta sexta-feira, em noite fria na capital goiana, pela oitava rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Botti, após falha do goleiro Márcio, também fez para os catarinenses, enquanto João Paulo e Ricardo Jesus, de pênalti, anotaram para o Rubro-Negro.
Com o triunfo, o Figueirense foi a 16 pontos e, na terceira posição, se firmou no G-4. Já o Atlético-GO estacionou na zona intermediária na tabela, em décimo, com dez pontos. Antes de voltar a campo pela Série B, o Dragão enfrenta o Cruzeiro, quarta-feira, em Goiânia, pelo jogo de volta da terceira fase da Copa do Brasil. Só depois, então, visita o ASA, sábado, em Arapiraca, pela Segundona. No mesmo dia, o Figueira recebe o Palmeiras no Orlando Scarpelli, também pela nona rodada da Série B.

Leia mais: Atlético-GO x Figueirense - Campeonato Brasileiro Série B 2013 | globoesporte.com

domingo, 30 de junho de 2013

Robston reclama de jogo treino e diz que não se importa com críticas

Como preparação para o jogo diante do ABC, no sábado (06), fora de casa, a equipe realizou um jogo treino diante do Goiânia e irá realizar um diante do CRAC neste sábado (29). Robston acredita que esses jogos só servem para derrubar jogador porque não acrescentam porque o time da capital entra com a obrigação de ganhar e o do interior não tem nada a perder.

“Esses amistosos são mais fáceis de derrubar a gente que joga no Atlético, no Vila ou no Goiás do que um time do interior. Eles não tem nada a perder, qualquer resultado que não seja a vitória já começam a aparecer as críticas e as vezes quem está no time titular pode acabar saindo por causa dessas partidas”, destacou.

Leia mais: Robston desaprova jogo treino e diz que não se importa com críticas | Atlético Goianiense

domingo, 19 de maio de 2013

Atlético faz 2x0, vacila, cede o empate e acaba perdendo o titulo para o Goiás via @Reinaldo_Cruz

Não era adivinhação quando disse que o Goiás seria bicampeão goiano de 2013, definitivamente não era. Sabemos que o futebol não é uma ciência exata, que as mesas redondas servem mais como exercício de palpites do que algo que seja garantia de que aquilo vai acontecer daquele jeito. Seria uma leviandade da minha parte dizer que os cronistas esportivos, comentaristas de rádio e TV ou blogueiros de plantão fazem o tal exercício de adivinhação, claro que não é isso.
São através das reportagens e comentários, que bem analisados e aliados as estatísticas, podem sim aproximar o futebol de uma ciência quase exata e assim diminuir a probabilidade de erros no resultado.
Acertar o resultado é tarefa dificil, o placar exato é quase imposível, ainda mais quando se tem equipes gabaritadas e com muita qualidade, como vimos na final do Goianão 2013.
Walter e Neto Baiano autores dos gols comemoram com Tiago Mendes
O Atlético tinha que correr atrás do prejuízo, pois o Goiás chegou a decisão com uma enorme vantagem de poder jogar por dois resultados iguais. dentro da partida o Dragão conseguiu em 50 minutos criar uma barreira entre o Goiás e o titulo que se o esporte em questão fosse outro talvez tivesse acabado.
Ao fazer 2x0 o Atlético jogou por terra toda a vantagem que o Goiás construiu em 18 rodadas do campeonato, restava apenas 40 minutos para acabar a competição e o Dragão poderia tomar um gol que ainda assim seria o campeão. Ou seja a vantagem que o Goiás levou dezoito jogos para construir, o atlético tinha derrubado e puxado para si uma situação em que teria que defender por apenas e tão somente 40 minutos.
Não conseguiu.
O Atlético não conseguiu por que como foi durante todo o campeonato, o Goiás era mais time, tanto tecnicamente, quanto fisicamente o Esmeraldino se mostrou superior a todos os outros nove concorrentes do Goianão 2013, incluindo o Atlético. O time de Campinas tinha mais problemas que o Goiás extra-campo e menos qualidade para repor as peças na hora de decidir.
Não segurou a vantagem e ainda perdeu a cabeça ao tomar o segundo gol, aquele que parecia improvável de acontecer naquele dia, mas que aconteceu e sacramentou o titulo do Goiás Esporte Clube.


Assuntos de Goiás TV

Pesquisar este blog

Seguidores

Redes Sociais